Home » » TOP 10 melhores e piores filmes de 2012

TOP 10 melhores e piores filmes de 2012



Texto compartilhado com http://estacao-nerd.blogspot.com.br/

Já faz um tempo que eu não escrevo um post polêmico, daqueles capazes de provocar xingamentos e elogios. E, nessa vida, um método infalível pra gerar discussão é expor a sua opinião. Já que o assunto é cinema, nada melhor do que fazer a famosa seleção dos melhores do ano. Mas elogiar é fácil, criticar é o complicado. Por isso resolvi fazer o meu (e somente MEU) TOP 10 2012, citando quais os meus 10 filmes preferidos nesse ano e os 10 que mais me decepcionaram. 

Não estou levando em consideração bilheteria ou sucesso de crítica e público. É apenas questão de gosto pessoal, ou seja, os filmes que mais me divertiram ou emocionaram e os que mais me fizeram sair do cinema triste ou com raiva. Como o legal da opinião é que ela é própria, vai ser interessante saber em quais filmes você concorda comigo e quais os que você não entendeu de maneira alguma porque tal filme está em tal lista. Lembrem-se, se as listas de todo mundo fossem iguais, o cinema perderia boa parte de sua graça. 

Eis então minha seleção particular. Podem comentar a vontade, indicar suas próprias listas, só por favor poupem minha família =D Vamos começar pelos melhores do ano:


1º lugar: Empate! Os Vingadores / Intocáveis

Já deve ser a quinta vez que escrevo a mesma frase: Os Vingadores foi o melhor filme de super-herói NERD já feito. Se a intenção foi nos proporcionar uma aventura digna das HQ's, com espaço para desenvolvimento de todos os personagens e com aquele toque de humor e ação na medida certa, transpassaram o alvo.



Apesar de Intocáveis ser de 2011, foi exibido nos cinemas daqui esse ano. Se ainda não assistiu essa obra-prima francesa, dê um jeito, mas se vira pra assistir. Esse filme entrou para meu TOP 10 de todos os tempos. O filme emociona sem cair na pieguice ou melodrama e ainda rende risadas constantes. Magnífico!
  
2º lugar: Batman - O Cavaleiro das tervas ressurge


O capítulo final que encerrou com honra a trilogia dirigida por Christhoper Nolan. Se existe algo que o fez perder a primeira posição, é porque o longa anterior e o Coringa trataram de marcar pra si como episódio épico. 


3º lugar: Jogos Vorazes

Esse filme mostrou que é possível retratar bem uma obra literária (se não especificamente) voltada para o público adolescente sem precisar daqueles romances sem sal. Além do bom roteiro, a protagonista Jennifer Lawrence ajudou bastante a arrecadar mais fãs para a saga. 

4º lugar: O Hobbit - Uma Jornada Inesperada



O Hobbit é tudo aquilo que os fãs mais exaltados estão elogiando. E também é um pouco do que os críticos estão reclamando. Dividir um livro em 3 filmes já lhe remete a sensação ou de será preciso "encher linguiça" ou então que o nível de detalhes será elevado. Ainda mais só o primeiro filme tendo 169 minutos de duração.

Sou fã da saga e não me decepcionei em absolutamente nada com esta primeira parte, pois já sabia o que ia encontrar. O filme é mais carregado no humor, mas por algumas cenas já começamos a ver que a tendência é ficar mais sério e sombrio. Pode até não acrescentar muitas novidades (fora a nova tecnologia), mas é muito bom poder acompanhar estas novas aventuras. Acredito que os fãs irão gostar do resultado, assim como eu adorei. Que venha o restante da trilogia.

5º lugar: 007 - Operação Skyfall

Não foi o filme mais assistido do Reino Unido de todos os tempos a toa. Operação Skyfall conseguiu ficar em cima de uma linha quase impossível de se equilibrar, onde de um lado manteu toda a tradição dos filmes anteriores e o respeito às origens, e ao mesmo tempo conseguiu tornar James Bond mais humano e real. Apesar de belas bondgirls como de costume, o grande nome aqui é Javier Barden como o vilão Silva. Só sua atuação já credencia o filme como imperdível.

6º lugar: Empate! A Invenção de Hugo Cabret / O Artista (isso é top 10 ou top 12? mas a temática aqui é a mesma, assim como a qualidade dos filmes. Então justifica)

Mais uma obra-prima do cinema. Podemos dividir o filme em duas partes. A primeira é até um pouco monótona, mas quando começa a homenagem ao cinema o filme se torna espetacular. Os jovens protagonistas se saem bem (destaque pra Chloe Moretz, pra variar), embora boa parte dos coadjuvantes não agregam quase nada à história. Obrigatório assisti-lo em 3D para a experiência ser ainda melhor. Martin Scorsese conseguiu realmente proporcionar uma aula de cinema.


O Artista recebeu 10 indicações no Oscar 2012 e ficou com cinco estatuetas, entre elas a de Melhor Filme, Diretor e Ator (Jean Dujardin) e jogou na cara de todo mundo que filmes mudos em preto e branco possuem seu valor, além de ser outra bela homenagem ao cinema.

7º lugar: Valente

A história de Valente não tem nenhuma novidade. Aliás, é bem batida. Mas a Pixar conseguiu se superar mais uma vez com sua computação gráfica. Os famosos cabelos rebeldes de Merida (olha a pronúncia!) são o marketing do filme, mas o filme me ganhou mesmo em uma cena de cachoeira tão perfeita que por um instante esqueci que era um filme de animação. 

8º lugar: A origem dos guardiões

Depois de Avatar, o melhor filme em 3D já realizado (na minha opinião). É uma história infantil que tenta modernizar (e armar) personagens infantis, mas sem exagerar na violência. O filme procura obter uma equação que atinja crianças de todas as idades, e que também agrade aos adultos. As imagens geradas por Sandman poderiam se tornar exemplos em cursos de graduação de computação sobre como utilizar bem o recurso 3D. 

9º lugar: Prometheus 

Filme incompreendido por boa parte da crítica, que não subiu de posições por ter se perdido um pouco durante sua produção (culpa de um roteirista que quis mudar tudo no meio das filmagens e fez o filme mudar um pouco seu rumo). Se você assistir o filme como apenas fazendo parte do universo Alien e não como uma prequência ou uma tentativa de explicação da pergunta fundamental "Quem somos e de onde viemos?" o filme fica melhor. Com direito a uma cena de "parto" que pode entrar para a galeria de cenas marcantes de filmes do gênero.

10º lugar: Millenium - Os homens que não amavam as mulheres 

Americanos e suas manias de filmarem longas europeus só pra tirar a legenda... Em boa parte dos casos o resultado não supera ou não acrescenta nada à versão original, mas esta aqui em particular ficou melhor que a versão sueca. Não pelas protagonistas (gosto tanto de Rooney Mara quanto Noomi Rapace), mas pelo conjunto da obra. A versão americana é mais ágil e eficiente ao traduzir a história do livro para as telas.

11º lugar: Os Mercenários 2

O TOP é 10, mas esse é o primeiro fora da lista principal. Na época que fiz a crítica desse filme, minha frase que mais surtiu efeito foi "Só faltou o Stallone colocar uma faixa na cabeça e usar uma bazuca, mas infelizmente isso não aconteceu". De resto, uma homenagem aos filmes de macho dos anos 80, reunindo os maiores brucutus dos filmes de ação, com ajuda de alguns mais recentes, dessa vez colocando todo mundo pra trabalhar em campo como se deve. Esqueça o primeiro filme, esse é o filme dos Mercenários.

Menções Honrosas:

- As aventuras de Tintim - porque Tintim não está na lista? Apenas porque só cabem 10. Viram como é complicado? Uma ótima aventura, com ótimos efeitos e uma grande homenagem ao desenho.
- Argo - certamente será candidato merecido ao Oscar. Finalmente uma boa atuação de Ben Affleck
- Ted - O público masculino (inclusive eu) se divertiu o filme todo. Uma grande parte do público feminino detestou o espírito machista do longa. O dep. Protógenes fez o favor de criar uma jogada de marketing perfeita para levar milhares de pessoas ao cinema pra ver um ursinho desbocado. Um roteiro original com o humor ácido de Seth McFarlane. 
- Branca de neve e o caçador - na verdade, a bruxa e o lenhador. Branca de neve está lá só como pretexto. Charlize Theron mais uma vez roubando o filme todo pra si. Deve constar na lista de piores de alguns, mas gosto não se discute (só se lamenta).
- Resident Evil 5: retribuição - provando que a franquia ainda tem fôlego, assim como Milla Jovovich. Mesmo sem inovações, Alice continua rendendo ótimas sequências de ação enquanto mata alguns zumbis. Outro bom exemplo de uso da tecnologia 3D.

No meio das listas: O espetacular Homem-Aranha

Particularmente, achei que tomaram a pior decisão possível com esse reboot. Tudo bem trocar o elenco (isso acontece) mas recontar uma história tão recente nos cinemas, com alterações que na maioria das vezes não funcionaram, tão cedo?  Ficou adolescente demais. Cadê o Peter NERD?  O que eram aqueles lagartinhos nas teias indo atrás do vilão lagarto? Fãs??? Investiram pesado no romance de Peter e Gwen e deixaram muita coisa importante de lado. Teve momentos no filme que achei que Peter e Gwen iam dar as mãos e cantar alguma música no melhor (ou pior) estilo High School Spider Musical. 

Por outro lado, teve alguns acertos. Bons efeitos especiais a sequências de ação. Gwen como primeiro amor de Peter. Emma Stone perfeita no papel. Na verdade, foi um filme adorado por muitos e odiado por outros tantos e que pode certamente entrar para qualquer uma das listas TOP.

Agora vamos lá pra parte ruim (em todos os sentidos). Minha seleção dos piores do ano:

1º lugar absoluto:  As aventuras de Agamenon, o reporter



Sou um defensor dos filmes nacionais, e esse ano tivemos ótimos filmes como O Palhaço, Gonzaga, À beira do caminho, Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios, Paraísos Artificiais, etc. Mas infelizmente na hora das listas dos piores não tem jeito: sempre tem pelo menos um nacional. Esta porcaria completa tinha que estar em primeiro lugar. Nada nesse filme funciona.

2º lugar:  Lola

O que dizer de um remake de filmado menos de 2 anos depois de ter sido feito o original francês? De novo, só pra americano não ler legenda ou usar seus queridinhos do público-alvo adolescente? A velha relação complicada de mãe e filha adolescente incluindo forçadamente as redes sociais no meio para brincar com o trocadilho "LoL". Então aproveite as redes sociais e "twitte" ou veja seu facebook enquanto passa esse filme que você ganha mais com isso.  

3º lugar: Billi Pig 

Grazi Massafera contracenando com um porquinho falante rosa? Preta Gil? Nada mais a acrescentar

lugar:  Battleship



Outra adaptação que ficou devendo muito. A ideia de juntar o famoso jogo de batalha naval com invasão alienígena parecia ser à prova de erros, mas junte um elenco insosso, gaste milhões de dólares para uma pop-star ser apenas coadjuvante (embora Rihanna seja o menor dos problemas do filme) e insira efeitos especiais sem a menor preocupação com as leis da física, apenas uns 2 minutos de cenas que realmente lembrem a tal batalha naval e novamente uma desculpa completamente ridícula para o ponto fraco dos alienígenas. Eis Battleship.

5º lugar: 12 horas


Era pra ser um suspense? O longa dirigido por Heitor Dhalia simplemente não consegue acertar a mão no suspense e Amanda Seyfried precisa trocar de agente com urgência antes que suas escolhas não muito acertadas de filmes comecem a prejudicar sua carreira.

6º lugar: Cada um tem a gêmea que merece


Adam Sandler já não é muito feliz em suas comédias. Atuar como uma mulher conssegue piorar o que já era ruim. Agora, convencer Al Pacino a participar disso e ainda fazê-lo se apaixonar por sua versão drag era algo completamente "inimaginável". Mas infelizmente ele conseguiu.

7º lugar: 360



Outro filme que me fez ter certeza que um elenco bom não salva um roteiro ruim. Anthony Hopkins, Jude Law e Rachel Weisz em um longa que quer te dar a idéia de que a vida se assemelha a um círculo, 360º, o fim sempre representa um novo começo. Bela premissa, mas na verdade o que o filme te mostra é que vai do nada a lugar nenhum.

8º lugar: Como agarrar meu ex-namorado

Quando você acha que vai ser uma comédia romântica, o fime vira um thriller policial. Seria uma boa surpresa, mas o filme não consegue se sustentar nem por uma coisa nem outra. Reclamaram tanto da Katherine Heigl que ela só fazia comédia romântica, mas essa tentativa de mudar o foco foi completamente desastrosa.

9º lugar: Abrahan Lincoln Caçador de vampiros

Caso realmente tenha sido necessário uma autorização de familiares para a utilização de Lincoln no filme, COMO eles autorizaram uma coisa dessas? Se o filme tivesse o famoso humor negro do Tim Burton ou misturado ação e comédia talvez tivesse ficado melhor. Mas se leva a sério demais, como se quisesse que a gente realmente acreditasse que aquilo fosse real. O roteiro é até criativo misturando fatos históricos reais como a guerra civil americana com a história e interferência dos vampiros, que pelo menos não brilham como purpurina. O problema pra mim é que o filme não empolga. Mesmo nas melhores cenas de ação, quando Lincoln usa bastante seu machado, não consegui torcer pelo personagem ou me divertir assistindo. Ele não é um dos piores filmes já feitos, mas um dos que mais me decepcionou devido a minha empolgação.

10º lugar: Na estrada

Sinceramente, fazia tempo que eu não via um filme tão chato. Decepção total. Ainda mais porque fui assistir o filme com muita confiança que seria bom, já que foi dirigido pelo brasileiro Walter Salles, possui um ótimo elenco com Viggo Mortensen. Kirsten Dunst, Alice Braga e Kristen Stewart, além de ser uma adaptação do livro On the road, de Jack Kerouac. Se eu fosse classificar o filme por partes, seria 95% maconha, bebidas e outras drogas, 3% sexo e homossexualismo, 1% imagens de estradas e 1% história.

Menções desonrosas:

- Magic Mike - Filme de strip-tease masculino? Na boa, nem Olivia Munn me convenceu a assistir isso. Se alguma menina quiser defender o filme com algum argumento convincente, por favor fique a vontade.
- Motoqueiro Fantasma 2 - Muito melhor que o primeiro, mas ainda não respeitou o personagem. A cena da "urina" do motoqueiro acabou com qualquer tentativa de se levar o filme a sério.
- Anjos da noite 4 - Sinceramente, você ainda se lembrava que esse filme passou nos cinemas esse ano? Quando você se esquece do filme, é porque alguma coisa está errada.

* Filmes que infelizmente não pude assistir para classificar na lista de melhores: Os infratores, Moonrise Kingdom, Um divã para dois, A Separação, Pina, As aventuras de Pi e Drive (sim, me envergonho disso).
** Não existem filmes de terror em nenhuma lista. Eu não gosto de filmes de terror, então não posso dizer se é bom. 

3 comentários:

  1. Apesar de não concordar com o seu primeiro lugar dos melhores, que pra mim deveria estar no primeiro dos chatos, pois não consegui passar dos 20 primeiros minutos, concordo com o restante, dos que vi, pelo menos. Ah, e não vou xingar sua família. hehehehehe \o/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog! Concordo com muitas coisas que vi. Também gostei do filme Prometheus e Charlize Theron roubou toda minha atenção em Branca de Neve e o Caçador. Verei os que ainda não assisti e estão na sua lista de tops!

    ResponderExcluir
  3. Dos que eu assisti, concordo com os comentários. Talvez "O Legado Bourne" merecesse estar na lista dos piores. Foi uma das decepções do ano para mim.

    ResponderExcluir

Bem-vindo!

Sou um colecionador de dvds e criei este blog para compartilhar minhas opiniões e críticas pessoais com demais apreciadores de filmes. Seus comentários são mais do que bem-vindos.

No catálogo acima encontra-se a relação de todos os meus filmes, contendo sinopse, elenco e demais dados técnicos. É só clicar na palavra "catálogo".

Lembrando que os filmes aqui listados não estão disponibilizados para download.

Arquivo do blog


eXTReMe Tracker

Tecnologia do Blogger.
 
Copyright © 2015 Coluna do Leocasillo - DVDTeca
Adapted By denisfln