Home » » Projeto 80: Cocktail

Projeto 80: Cocktail

O Projeto 80 tem por finalidade resgatar a memória de quem viveu a melhor época de filmes da Sessão da tarde falando sobre as histórias, personagens e trilhas sonoras dos filmes dos anos 80. Qualquer spoiler aqui já teve seu prazo de validade vencido.

Após deixar o exército, Brian Flanagan (Tom Cruise), um jovem ambicioso, tenta um emprego em Nova York, mas não consegue trabalho em empresas de administração por não ser formado e não ter experiência. Precisando de dinheiro, Flanagan começa trabalhar em um bar a noite enquanto estuda pela manhã, e graças às dicas dadas por seu colega veterano Doug Coughlin (Bryan Brown), se torna um bartender de sucesso. Mas sua ambição, sucesso com as mulheres e busca por dinheiro fácil abalam o seu recente relacionamento com Jordan Mooney (Elisabeth Shue), ao mesmo tempo em que sua amizade com Doug entra em atrito.

Aviso para os maiores de 30: desculpem-me, senhores. Esta não é uma resenha sobre o progama do Mielle que passava nas noites do SBT, mas sobre o filme de 1988. =D
                          
Cocktail passou bastante (em versão editada na Sessão da Tarde, com algumas poucas cenas de nudez e sexo cortadas) para aproveitar ao máximo a exposição da figura de Tom Cruise, ídolo teen após Top Gun. Minha maior lembrança desse filme na época era Tom Cruise e seu amigo fazendo drinks e malabarismos com copos e garrafas. Visto hoje considero que está longe de ser um filme de destaque ou capa de portifólio para qualquer um dos atores envolvidos, mas vale ser visto pela nostalgia e porque, mesmo sem ser um filme Disney, possui suas lições de moral. 


Primeiro, o filme mostra o lado positivo de tentar vencer na vida estudando e trabalhando, levando a sério e respeitando sua profissão, seja lá qual for. Depois, mostra os dois lados do sucesso instantâneo (melhor do que assistir palestras de ex-BBB's) e os perigos do dinheiro fácil. Em seguida, mostra até onde a ambição pelo dinheiro pode levar uma pessoa, a ponto de abandonar suas paixões e convicções. E por último, a famosa e batida etapa do arrependimento e redenção. História batida? Roteiro previsível? Anos 80, cara! Enquanto Leo Jaime e Kid Abelha cantavam A Fórmula do Amor, os diretores e roteiristas da época já tinha a fórmula do sucesso a um bom tempo.



No elenco, Tom Cruise dispensa apresentações. É interessante ver os filmes que ele fazia antes da Cientologia e de se tornar quase um ator marcado por filmes de ação. Desta época oitentista, na minha opinião realmente o melhor filme foi Top Gun. Se Cocktail não lhe chamou a atenção, veja Rain Man, A Lenda, Dias de Trovão e Nascido em 4 de julho. Seu amigo barman Doug Coughlin (autor das Leis de Coughlin) foi interpretado por Bryan Brown, conhecido na época por seu papel na série Pássaros Feridos (1983), que passou várias vezes no SBT. Atualmente está na série The Good Wife. A mocinha do filme Jordan Mooney coube a uma das queridinhas dos anos 80 Elizabeth Shue. Além de Cocktail, esteve em Karate Kid, De volta para o futuro II e Uma noite de aventuras (ninguém passa por aqui sem cantar um Blues...). Completam o elenco Lisa Banes como Boonie, Gina Gershon como Coral, Kelly Lynch como Kerry Coughlin, Laurence Luckinbill como Sr. Mooney e Ron Dean como tio Pat. Com exceção de Luckinbuill, todos os demais atores estão em filmes ou séries em 2012.

A história é simples, sem maiores destaques ou cenas marcantes. Não é o pior nem muito menos o melhor filme de qualquer um dos envolvidos. Como de praxe, a trilha sonora fez bastante sucesso, chefiada por The Beach Boys - Kokomo e Starship - Wild Again. O filme venceu o Framboesa de Ouro de 1989 por pior roteiro e pior filme, além de ter sido indicado por pior ator para Tom Cruise e pior diretor para Roger Donalson (apesar de não ser o melhor filme, não acho que tenha sido o caso). Mas o espírito oitentista de quem curtiu os filmes do projeto 80 não se deixa levar por críticas e falhas. O filme ainda possui muitos fãs, sobretudo as que adoram não apenas a imagem quase adolescente de Tom Cruise, mas também aquelas histórias românticas com final feliz.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem-vindo!

Sou um colecionador de dvds e criei este blog para compartilhar minhas opiniões e críticas pessoais com demais apreciadores de filmes. Seus comentários são mais do que bem-vindos.

No catálogo acima encontra-se a relação de todos os meus filmes, contendo sinopse, elenco e demais dados técnicos. É só clicar na palavra "catálogo".

Lembrando que os filmes aqui listados não estão disponibilizados para download.

Arquivo do blog


eXTReMe Tracker

Tecnologia do Blogger.
 
Copyright © 2015 Coluna do Leocasillo - DVDTeca
Adapted By denisfln