Home » » Projeto 80: O Enigma da Pirâmide

Projeto 80: O Enigma da Pirâmide

O Projeto 80 tem por finalidade resgatar a memória de quem viveu a melhor época de filmes da Sessão da tarde falando sobre as histórias, personagens e trilhas sonoras dos filmes dos anos 80. Qualquer spoiler aqui já teve seu prazo de validade vencido.

O Enigma da pirâmide (Young Sherlock Holmes) é um excelente filme de fantasia realizado por Steven Spielberg em 1985. Este não é um dos filmes mais conhecidos de Spielberg, mas faz parte da boa safra de filmes da época. Spielberg, aliás,  conseguiu emplacar outros sucessos no mesmo período: ''De Volta para o Futuro'', ''Os Goonies'' e ''Gremlins". A trilha sonora foi composta por Bruce Broughton e, dentre as músicas, o destaque vai para ''Waxing Elizabeth'".

Neste filme, Spielberg faz uma homenagem a Sherlock Holmes, um dos personagens mais famosos da literatura britânica, criado pelo médico e escritor britânico Sir Arthur Conan Doyle. Holmes é um investigador do final do século XIX e início do século XX, famoso por utilizar, na resolução dos seus mistérios, o método científico e a lógica dedutiva. Spielberg, o roteirista Chris Columbus (hoje conhecido por ter dirigido alguns filmes de Harry Potter) e o diretor Barry Levinson (que depois dirigiu o vencedor do Oscar "Rain Man") escreveram uma aventura original, baseada no romance de Alan Arnold, contando sobre quando Holmes (Nicholas Rowe) e Watson (Alan Cox) se conheceram ainda adolescentes. O primeiro encontro entre os dois pra mim é uma das melhores cenas do filme, onde Holmes demonstra toda a sua capacidade de dedução. Esse encontro, bem como a história contada citada como seu primeiro caso, não fazem parte de nehum dos livros escritos por Arthur Doyle, como é citado no início do filme.


O grande mistério do filme começa quando algumas pessoas cometem suicídio após sofrerem alucinações, entre eles o seu amigo e professor Waxflatter (Nigel Stock). Holmes não demora para descobrir que todos eles foram colegas do Colégio Brompton e provavelmente alguém voltou para cobrar uma dívida de algo que eles fizeram no passado. Holmes vai precisar usar toda a sua capacidade para decifrar o enigma e encontrar o assassino. Os demais personagens desta aventura são seu rival Dudley (Earl Rodhes), sua namorada Elizabeth (Sophie Ward), o detetive Lestrad (Roger Ashton-Griffiths), a senhora Dribb (Susan Fleetwood) e o professor Rathe (Anthony Higgins).

Praticamente todo o elenco era desconhecido na época e niguém se destacou em filmes de sucesso, mas curiosamente quase todos os atores ainda atuam. Nicholas Rowe está em The Borgias como o Barão Bonadeo. Alan Cox possui uma participação no filme O Ditador. Roger Ashton participou de The Tudors. Anthony Higgins está no filme Bel Ami e fez vários outros filmes e seriados feitos para TV. Nigel Stock faleceu pouco tempo depois do filme,  em 1986, aos 66 anos e Susan Fleetwood, que fez a deusa Athena em Fúria de Titãs (1981), faleceu em 1995 aos 51 anos. Sophie Ward fez alguns filmes e séries de TV, mas ficou conhecida mesmo por assumir sua homossexualidade em 1996 e se casar com sua companheira em 2000, bem antes do Reino Unido legalizar casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Por ser uma homenagem, boa parte da diversão deste filme está nos detalhes. O longa mostra como Holmes passou a utilizar seu figurino básico (um chapéu estranho, um casaco e um cachimbo). Também mostra o surgimento de um dos seus principais inimigos, Moriarty. Esta cena, aliás, ocorre após todos os créditos ao final do filme, tendência que voltou à moda principalmente em filmes de super-heróis. Outro ponto muito interessante do filme são os ótimos efeitos especiais, considerando sua data de produção, sendo um dos primeiros a utilizar elementos de computação gráfica criados pela empresa Industrial Light & Magic. O filme recebeu uma indicação ao Oscar na categoria de Melhores Efeitos Especiais.

Para quem só conhece Sherlock Holmes pelos (bons) filmes recentes estrelados por Robert Downey Jr, recomendo muito que assista a esse filme também (é facilmente encontrado em dvd) e procure ler os livros de Arthur Doyle. São excelentes histórias de detetive. Por se passar em um colégio na Inglaterra, com todo o ambiente típico de adolescentes com rivalidades, romances, aventura e mistério, e ainda por ter sido escrito por Chris Columbus, muitas pessoas associam esse filme aos de Harry Potter. Ao contrário desta saga e dos tempos atuais, infelizmente nenhuma continuação para esse filme foi realizada.

0 comentários:

Postar um comentário

Bem-vindo!

Sou um colecionador de dvds e criei este blog para compartilhar minhas opiniões e críticas pessoais com demais apreciadores de filmes. Seus comentários são mais do que bem-vindos.

No catálogo acima encontra-se a relação de todos os meus filmes, contendo sinopse, elenco e demais dados técnicos. É só clicar na palavra "catálogo".

Lembrando que os filmes aqui listados não estão disponibilizados para download.

Arquivo do blog


eXTReMe Tracker

Tecnologia do Blogger.
 
Copyright © 2015 Coluna do Leocasillo - DVDTeca
Adapted By denisfln