Home » , , , » A última ceia (2001)

A última ceia (2001)

Um filme MUITO forte! Por vezes deprimente e indigesto Um relato simples e sincero sobre o preconceito existente na sociedade norte-americana (e em boa parte do resto do mundo). O filme se sustenta pelas ótimas atuações de Billy Bob Thornton e Halle Berry, que ganhou o Oscar de melhor atriz por este papel.

O filme relata os dramas de uma família formada por Hank Grotowski (Billy Bob) - um policial que trabalha no corredor da morte, mesma profissão de seu pai aposentado (Peter Boyle) e de seu filho iniciante Sonny (Heath Ledger). Hank herdou a cultura forte racista de seu pai e tem que suportar essa raiva todos os dias devido a presença de negros na prisão, mas Sonny não tem esse desvio de caráter e é amigo de seus vizinhos negros (participação de Mos Def como um dos vizinhos). Um destes presos é Lawrence Musgrove (Puffy Daddy), casado com Leticia (Berry) e pai do obeso Tyrell, e representante de uma família típica de negros classe baixa: discriminados, com um carro caindo aos pedaços, com hipoteca e dívidas a pagar.

A vida dessas duas famílias muda quando Lawrence é condenado a morte na cadeira elétrica após 11 anos de prisão e vive sua "última ceia" (Monster's Ball). Entre os executores, estão Hank e Sonny. O que vemos depois disso são algumas passagens monótonas e sem sentido (como a presença da prostituta), mas outras altamente chocantes, que ao assistirmos parece que levamos um belo soco no estômago. Vou contar aqui as que mais me marcaram, que resume quase todo o filme. Então, se não assistiu ao filme e não gosta de saber o que acontece, pule a lista numerada (e desculpem o tamanho do texto).

1) Durante uma discussão entre Hank e Sony, o filho pergunta ao pai se ele o odeia. Após a confirmação do pai que sempre odiou o filho, este responde que sempre o amou. Em seguida, atira no próprio peito na frente do pai e morre. Hank não sente culpa ou remorso pelo filho e ainda limpa as manchas de sangue do sofá como se nada tivesse acontecido. Na hora do enterro, o padre pergunta se ele quer fazer alguma prece, e Hank diz que a única coisa que quer ouvir é o som da terra caindo no caixão do filho.

2) Pouco tempo após a morte do marido, Leticia perde o filho atropelado por um carro. A pessoa que presta socorro a Leticia é justamente Hank. A partir desse momento, vemos que o preconceito dele começa a diminuir à medida em que ele se envolve com Leticia.

3) Uma das cenas mais comentadas do filme. Não se tem muita idéia do tempo decorrido após a morte de seu filho, mas vê-se que é questão de poucos dias. Hank visita Leticia em sua casa, e ela, no alto de seu sofrimento por tudo o que lhe ocorreu, pede desesperada que Hank a faça se sentir melhor. Então vemos uma longa, talvez exagerada e impressionantemente real cena de sexo entre ambos. (detalhe curioso aqui: Halle Berry recebeu U$ 1.000.000,00 extra para aparecer nua no filme). Na manhã seguinte, Hank vê a foto de Lawrence e percebe que está com a mulher do homem que executou, mas não conta a Leticia.

4) Após o início do namoro entre Hank e Leticia, ela resolve comprar um presente para Hank e se encontra com o pai dele, que destila todo o seu preconceito de uma maneira tão natural que você se sente mal em compartilhar daquele momento. Ao ver que não poderia conviver com o pai e Leticia, Hank decide pela namorada e coloca o pai em um asilo. E ouvimos outra das frases fortes do filme: "Você deve amar muito o seu pai para estar fazendo isso". "Não, eu não o amo".

5) Por último, quando parece que a vida de Leticia vai melhorar, ela descobre na casa de Hank desenhos feitos por seu marido morto. Retratos falados de seus executores - Sonny e Hank.

Espantosamente real, o filme faz juz à censura 18 anos. Esteja bem preparado psicologicamente antes de assistir a esse filme, mas assista-o. Pelas interpretações e pela crítica contra o preconceito e discrimanação racial. O filme não tem aquelas lições de moral estilo Disney, mas vai fazer você ficar um bom tempo pensando sobre ele.

Cotação: 8,5

1 comentários:

  1. Assisti esse filme recentemente a achei muito bom. Mas fiquei com uma dúvida e gostaria de comentar algo a respeito:


    O final desse filme é bem interessante... as tres lápdes que aparecem na última cena seria de quem? Esposa de Hank, sua mãe e seu filho, porém existe também uma cova aberta... e aí?

    Parabéns pelo blog, achei-o procurando respostas para esse final.

    Responda em meu e-mail (dagmarg12@gmail.com) se der!

    Abraço.

    ResponderExcluir

Bem-vindo!

Sou um colecionador de dvds e criei este blog para compartilhar minhas opiniões e críticas pessoais com demais apreciadores de filmes. Seus comentários são mais do que bem-vindos.

No catálogo acima encontra-se a relação de todos os meus filmes, contendo sinopse, elenco e demais dados técnicos. É só clicar na palavra "catálogo".

Lembrando que os filmes aqui listados não estão disponibilizados para download.

Arquivo do blog


eXTReMe Tracker

Tecnologia do Blogger.
 
Copyright © 2015 Coluna do Leocasillo - DVDTeca
Adapted By denisfln