Os Goonies (1985)

Os anos 80...Apesar de ser uma criança nessa época, me lembro de muita coisa. E sei que muita gente também não esquece daquele tempo. Tanto que hoje em dia existem várias festas dos anos 80. Claro que hoje em dia ninguém mais teria coragem de usar aqueles cortes de cabelo e roupas ridículas, mas o legado dos anos 80 permanece mais vivo do que nunca.

Poderia ficar horas escrevendo sobre infância, música e filmes que marcaram época e, como diz o jacaré banguela, formaram o meu caráter. Pra quem quer matar um pouco a saudade, recomendo este vídeo aqui. Li uma vez num blog (acho que foi no judão) que quem era criança nos anos 80 e adorava os filmes, não deveria revê-los quando adulto, pra não "quebrar o encanto". Claro que isso se deve às história com roteiros até certo ponto fracos, efeitos especiais totalmente ultrapassados, entre outros. Bom, como acho que eu não cresci, continuo adorando os filmes 80's e comprando todos os que posso pra minha coleção (faltam vários, mas eu chego lá). Mas escrevi estas poucas linhas apenas para começar a comentar sobre um dos maiores clássicos infanto-juvenis dos anos 80. "Os goonies".

O filme foi idealizado por Steven Spielberg e a direção ficou a cargo de Richard Donner (que dirigiu também Superman I e a série Máquina Mortífera). E os personagens são simplesmente inesquecíveis: o aventureiro Mikey (Sean Austin, o Sam de "O Senhor dos Anéis") e seu irmão mais velho Brand (Josh Brolin, o detetive Trupo de "O Gangster"), a mocinha Andy (Kerri Green, hoje diretora), a intelectual Stef (Martha Plimpton, que atualmente faz episódios de séries e filmes para TV), e os impagáveis "Chunck" (Jeff Cohen, sumido), apelidado de Gordo (ou Bolão, dependendo da tradução), o japonês Data - ou Dado (Jonathan Ke Quan, que também fez Indiana Jones e o templo da perdição) com suas invenções malucas e o desbocado "Bocão" (Corey Feldman, de "Garotos Perdidos"), com seu espanhol terrível.

Se alguém ainda tem a coragem de não se lembrar do filme, a história é a seguinte: um grupo de garotos denominados "goonies" estão prestes a ser despejados de suas casas por uma imobiliária que quer construir um clube de golfe na área, forçando cada família a se mudar para locais distintos. Ao realizar a última reunião do grupo, descobrem o mapa do tesouro de um pirata chamado Willie Caolho. Assim, começa a caça ao tesouro para conseguir dinheiro suficiente para pagar a dívida de seus pais. Mas os irmãos e a mama Fratelli (Robert Davi, Joe Pantoliano e Anne Ramsey) acabam aparecendo no caminho e também correm atrás do tesouro. No meio desta aventura, mais um personagem memorável: super Sloth (John Matuszak, falecido em 1989), que adora um chocolate...

E a partir disso é só diversão. Algo até raro nos filmes de hoje em dia. É muito legal curtir as invenções e armadilhas, as situações de perigo e as aventuras dos garotos. Algumas cenas são memoráveis, como por exemplo a cena do piano, a parte que se passa no navio pirata, o processo de abertura do portão da casa, e o diálogo de Chunck com um dos irmãos Fratelli, onde ele é obrigado a confessar as coisas que já fez:

-(...) mas a pior coisa que já fiz foi quando misturei vomito falso em casa, levei escondido ao cinema, subi na cadeira e aí fiz um barulho tipo - blearrrrrgh, bleaaaaaargh (...)
- Estou começando a gostar desse garoto.


O DVD apresenta um erro terrível, brutal, imperdoável. Não contém a versão dublada e nenhum extra legendado. Uma falta de respeito com um filme tão cultuado e tão repleto de boas lembranças. E até que contém extras interessantes. Cenas (bem) excluídas (incluindo um polvo absurdamente trash), uma faixa de comentários pelos próprios goonies (essa foto já está meio batida, mas pra quem não se lembra veja como eles estão atualmente), e um clipe de 10 minutos do tema "Good enough" interpretado por um dos ícones da música pop da época Cindy Lauper.

Se você tem um espírito aventureiro e gosta de filmes leves, de fantasia e com uma história infantil e ingênua, mas muito bem desenvolvida e divertida, não tem como não gostar de "Os Goonies". Um marco que não apenas se tornou um filme de sessão da tarde, mas uma das referências do gênero aventura. Minha nota 10 não é só pelo filme, mas por todas as lembranças boas que ele me traz. Afinal, que criança daquela época nunca quis ser um goonie?
Cotação: 10

1 comentários:

  1. COM CERTEZA O FILME É 10, BAIXEI ELE E O CLIPE, PEGUEI O CLIPE E COLOQUEI LEGENDA QUE TRADUZI E MONTEI UM DVD.

    ResponderExcluir

Bem-vindo!

Sou um colecionador de dvds e criei este blog para compartilhar minhas opiniões e críticas pessoais com demais apreciadores de filmes. Seus comentários são mais do que bem-vindos.

No catálogo acima encontra-se a relação de todos os meus filmes, contendo sinopse, elenco e demais dados técnicos. É só clicar na palavra "catálogo".

Lembrando que os filmes aqui listados não estão disponibilizados para download.

Arquivo do blog


eXTReMe Tracker

Tecnologia do Blogger.
 
Copyright © 2015 Coluna do Leocasillo - DVDTeca
Adapted By denisfln