Contato (1997)

"Contato" não é um filme sobre extra-terrestres, mas sobre o efeito que um acontecimento dessa magnitude pode causar na vida das pessoas. É um filme de ficção sim, mas apenas como pano de fundo para abordar questões como ciência, política e religião. Na verdade trata-se de um filme extremamente complexo, que deixa margem para diversas reflexões, sobretudo sobre ética e moral.

"Contato" não é um filme de ação, portanto os que estão acostumado a ver ETs estilo Spielberg não vão encontrar absolutamente nada neste sentido. O filme aborda um dos principais questionamentos da humanidade: "estamos sós?", mas vai além disso. Também insere a próxima pergunta óbvia caso a primeira fosse respondida: "ok, não estamos sós no universo, o que mudará na nossa vida?"

O filme conta a história da Dra. Ellie Arroway (Jodie Foster), que desde criança se questiona sobre a existência de vida fora do planeta Terra. Ellie trabalha em um centro de pesquisa que tem como finalidade localizar vida extra-terrestre através de alguma mensagem de contato captadas por antenas de altíssima capacidade. Ellie é a primeira a receber e interpretar uma mensagem de contato da estrela Vega.



Após a descoberta ser compartilhada por todos, um consórcio de países resolvem seguir as instruções vindas de Vega e dão início a construção de uma máquina que possa levar um passageiro até a estrela. Próxima pergunta: se você foi a pessoa que lutou e acreditou no projeto, deu a vida por essa pesquisa e fosse a primeira a receber sinais de contato, você acha que teria direito de ser a escolhida? Ellie vai descobrir que apenas isso não é o suficiente.

A partir daqui ficam mais evidentes as questões políticas, militares e religiosas que citei no início. Ellie não acredita em Deus. Em uma sociedade composta por 85% de pessoas que acreditam em Deus, é correto enviar como representante uma das únicas que não compartilham essa crença?

O filme aborda com muita complexidade essa questão da existência de Deus. É certo que muitos cientistas (não todos, deixo bem claro) consideram sua existência como um mito, já que eles se baseiam em provas concretas. Nesse ponto, achei fantástico o diálogo entre Ellie e o reverendo Palmer Joss (Matthew McConaughey):

- Você ama seu pai?
- Sim, amo.
- Então prove.

Aliás, uma das coisas que mais gosto desse filme são os diálogos. Aquelas frases de efeito que fazem com que naquele instante você pare pra pensar sobre o assunto. Uma das frases que mais marca o filme (dita mais de uma vez) é mais ou menos assim: "no céu existem bilhões de estrelas, milhões de planetas e muitas galáxias. Se nós realmente estamos sós, seria um grande desperdício de espaço." Outra frase interessante: "Vocês são uma espécie interessante, uma mistura interessante. Vocês são capazes de terem sonhos tão lindos e também horríveis pesadelos. Vocês se sentem tão perdidos, tão solitários, mas não estão."

Mas essas não são as únicas "polêmicas" abordadas. O fato dos militares tomarem conta do projeto e ocultarem informações faz com que a gente se lembre de episódios recentes (como Roswell nos EUA e até mesmo a nossa famosa Varginha) que reforcem a teoria de que "Existem mais coisas entre o céu e a terra do que sonha nossa vã filosofia". Mas isso reflete em outra questão importante: Será que as pessoas estão prontas para encarar essa realidade? Como explicar a teoria da evolução e criação da humanidade? Fanáticos religiosos, seitas, suicídios coletivos, falsos profetas, comércio religioso, fé cega e mesmo a modificação de importantes partes de livros sagrados como a Bíblia são alguns dos exemplos do impacto que tais verdades podem causar.

''Contato'' é baseado no único livro de ficção de mesmo nome escrito por Carl Sagan em 1985, famoso e popular astrônomo da TV. Sagan morreu em dezembro de 1996, antes de ver o filme pronto. O filme é dirigido por Robert Zemeckis, que também dirigiu "De volta para o futuro" e "Forrest Gump - o contador de histórias". Portanto, se você viu o presidente Bill Clinton interagindo com os atores e teve uma sensação de dejà-vu, está explicado.

Finalizando, é um filme longo (150 minutos). Alguns acham o ritmo arrastado. Não concordo! Outros acham que é um filme tendencioso para o lado cético ou religioso. Também não concordo! É um filme muito complexo, que expõe diferentes pontos de vista de uma maneira realista. Tão complexo que foi tema de artigos científicos. Para amantes de matemática, física e astronomia e para amantes de filmes com conteúdo. Mais uma vez reforço: é um filme de ficção. Mas e se não fosse?

Cotação: 9,8

2 comentários:

  1. Brevemente teremos Leonardo substituindo José Wilker nos comentários do OSCAR na GLOBO.

    ResponderExcluir
  2. Esse filme nos faz refletir sobre a existência ou não de vidas em outros planetas, filme muito bom mesmo, pena que eu não mostra nenhum ET rsrsrsrs

    ResponderExcluir

Bem-vindo!

Sou um colecionador de dvds e criei este blog para compartilhar minhas opiniões e críticas pessoais com demais apreciadores de filmes. Seus comentários são mais do que bem-vindos.

No catálogo acima encontra-se a relação de todos os meus filmes, contendo sinopse, elenco e demais dados técnicos. É só clicar na palavra "catálogo".

Lembrando que os filmes aqui listados não estão disponibilizados para download.

Arquivo do blog


eXTReMe Tracker

Tecnologia do Blogger.
 
Copyright © 2015 Coluna do Leocasillo - DVDTeca
Adapted By denisfln